5 Passos simples para começar a praticar a meditação

5 Passos simples para começar a praticar a meditação

5 Passos simples para começar a praticar a meditação

Muitas pessoas que não estão familiarizadas com a meditação, pergunte-me o que é e como fazê-lo, então eu quis escrever este post com algumas informações sobre o quê, por que e como é a  meditação.
Abaixo está uma explicação da meditação em camadas e como aplicar as idéias  na prática. A meditação não precisa ser uma busca esotérica. Pode ser uma prática simples que funciona para praticamente qualquer atividade.
A meditação pode ocorrer enquanto você caminha, reza ou lava os pratos. Tudo depende do desenvolvimento de uma atitude meditativa e de uma disposição para praticar.

Por que meditar?

Há muitos benefícios na meditação, embora as quatro principais razões pelas quais alguém medite são para o desenvolvimento emocional, mental, físico ou espiritual.

Os benefícios incluem:

  • Redução de estresse
  • Criatividade crescente
  • Controle da dor
  • Cura emocional
  • Conscientização
  • Relaxamento
  • Estar mais perto de Deus
  • Paz
  • Energia crescente
  • Clareza mental
  • Maior autoconsciência

Pode ser muito útil determinar por que você quer meditar. A escolha de um propósito para meditar oferece orientação ao experimentar novos tipos de meditação e aumenta as chances de ter uma experiência satisfatória e positiva.
Determine os resultados que você deseja obter da meditação.

Onde começar? Dois tipos básicos de meditação

Existem dois tipos principais de meditação que fornecem uma estrutura para começar a desenvolver maior atenção e disciplina. Estas são meditação de concentração e meditação de atenção plena.

Meditação de concentração

Simplificando, é aí que a atenção é focada em um único objeto. Qualquer objeto de foco pode ser usado, como visualizar uma imagem ou repetir uma palavra. Você pode se concentrar em respirar, recitar um mantra, ouvir música ou ver uma imagem como um ponto central de foco. O objetivo é usar isso como uma âncora para que você possa trazer sua atenção de volta ao objeto meditativo sempre que a mente vagar.

Meditação Mindfulness

Esta é uma forma pouco mais avançada de meditação e pode ser mais difícil sem praticar a meditação de concentração. Na meditação da atenção plena, o meditador observa passivamente o funcionamento da mente, quaisquer sentimentos que surjam ou sensações corporais que surjam. Ao contrário de focalizar um único ponto de concentração, o meditador concentra-se nos estados mentais, estados de ânimo e sentimentos que ocorrem espontaneamente, ao mesmo tempo em que mantém um estado de espírito que não é de julgamento. O objetivo é atingir um nível de consciência, onde somos capazes de deixar ir e manter a presença e a paz de espírito.

5 passos simples para meditação de concentração

Estes passos abaixo são um tipo de meditação de concentração, onde um dispositivo mental ou ponto de foco será usado. É recomendado começar aqui antes de praticar a meditação da atenção plena.

1) Escolha um foco para concentração

Para permanecer em um estado meditativo, pode ajudar a ter um dispositivo mental para manter sua mente ancorada e ocupada. Eu sugiro usar um mantra ou palavra de algum tipo. Existe uma vasta gama de mantras ou ditos que podem ser usados, por isso certifique-se de que é algo que você pode conectar emocionalmente. Tipos de mantras ou palavras de foco podem ser algo da sua tradição religiosa ou espiritual, ou simplesmente algo que lhe traz conforto. Experimente diferentes palavras de frases, por exemplo, usando a palavra “paz” ou “amor” ou recitando silenciosamente uma pequena oração.

2) Encontre um ambiente silencioso e uma posição confortável

Encontre um lugar calmo onde você não será perturbado. Conforme você avança, usar o mesmo ambiente pode limitar sua capacidade de meditar em outras configurações, mas para um iniciante, um ambiente silencioso ajudará a desenvolver uma rotina e manter o foco. Certifique-se de que você está fisicamente confortável. Você pode deitar-se ou ficar sentado, embora uma boa técnica inicial seja sentar-se em uma posição confortável. Pode ser fácil adormecer enquanto está deitado. O importante é que você esteja confortável e não distraído e inquieto. Certifique-se de que seu corpo esteja relaxado e livre de tensão. O alongamento pode ser feito antes que a meditação comece a preparar o corpo.

3) Respire devagar e naturalmente

Comece respirando lenta e naturalmente pelo nariz, concentrando-se na respiração. Gradualmente, comece a incorporar sua palavra de foco ao expirar ou repita um mantra mais longo junto com a inspiração e a expiração. A respiração também pode ser usada como um foco de concentração separado de um mantra, no entanto, um mantra ou palavra pode ajudar a manter a concentração e evitar a mente errante. Ele também oferece uma conexão emocional com a experiência e uma maneira de melhorar o desenvolvimento espiritual, se isso é um objetivo.

4) Não se preocupe com o que você está fazendo

Este é um dos pontos mais importantes para enfatizar. A meditação pode ser uma prática difícil de estabelecer por causa da percepção de que existe uma maneira certa e errada de fazê-lo. A intenção de meditar é o aspecto mais importante da prática e manter uma mente aberta para o processo torna-a mais agradável e frutífero. Isso faz parte do aprendizado da atenção, à medida que os pensamentos vêm e vão, somos capazes de continuar meditando sem nos tornarmos mentalmente e emocionalmente apegados ou frustrados. Não se preocupe se estiver fazendo certo, apenas saiba que ficará mais natural com o passar do tempo.

5) Continue por 10 a 20 minutos

Em geral, para obter os benefícios da mediação, é importante meditar por pelo menos 10 minutos. No entanto, qualquer coisa é melhor que nada.
Depende da razão pela qual você está meditando, mas muitas vezes, para qualquer benefício de saúde ou relaxamento, o corpo precisa de tempo para se ajustar. No entanto, não se esforce e tente meditar por mais tempo do que se sentir natural ou confortável.
Se você está com dificuldades, sempre pode parar e tentar novamente mais tarde. Forçar a mediação a acontecer tornará a prática mais difícil e menos agradável. Se você estiver adormecendo, poderá usar respirações mais curtas para ficar mais alerta.
Depois de 10 a 20 minutos, permaneça sentado por alguns minutos e lembre-se e reflita sobre sua experiência de meditação. Como você se sente diferente? Quais imagens ou pensamentos estavam passando pela sua cabeça?

Se você quiser Tem 👇👇👇

Mini treinamento Gratuito em 5 Vídeos + Ebook Como Meditar em 5 passos SIMPLES!

Pode ser útil ter um diário ou algo para escrever sobre sua experiência para ajudar na recuperação. Tire alguns momentos para esticar e equilibrar sua energia.
Trabalhe para manter uma rotina regular por algumas semanas e continue praticando para descobrir o que funciona para você.
Eu adoraria ouvir de você! Qual a sua experiência com meditação? Se você meditar, como incorporá-lo em sua vida? Que perguntas você tem, ou que dicas você pode oferecer a outras pessoas com sua prática? Por favor, chame-nos abaixo!

Envie seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE